Home » Main » Abono Salarial – Descubra se você tem direito ao benefício!

Abono Salarial – Descubra se você tem direito ao benefício!

De tempos em tempo aparecem notícias de que milhares de pessoas não sacaram o Abono Salarial. E, de fato, muitas pessoas têm direito a esse benefício, mas não sabem e acabam deixando de ganhar uma boa grana.

O benefício do Abono Salarial assegura o valor de um salário mínimo anual aos trabalhadores brasileiros que recebem em média até dois salários mínimos de remuneração mensal de empregadores que contribuem para o Programa de Integração Social (PIS) ou para o Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (PASEP).

Quer mais informações sobre o Abono salarial https://www.abonosalarial.inf.br/, se você tem direito ao beneficio e como consultar? Então leia esse artigo que está recheado de informações para você. Confira logo abaixo!

O que é o Abono Salarial?

Ele é um benefício que o governo federal dá para a alguns trabalhadores. O Abono é um valor que pode chegar a um salário mínimo, e é pago para quem preencher alguns requisitos.

O abono salarial trata-se, portanto, de um benefício direcionado a trabalhadores formais, ou seja, àqueles que possuem vínculo empregatício formal com a instituição onde trabalham.

O benefício se destina a quem recebe até dois salários mínimos por mês e o pagamento anual é feito de acordo com o cronograma de pagamentos da Caixa.Este cronograma pode ser consultado online facilmente e em poucos instantes.

Dessa maneira, qualquer cidadão pode consultar o abono salarial, seja pela internet ou até mesmo pelo telefone. O valor máximo a ser recebido pelo Abono é de até um salário mínimo aos trabalhadores que se enquadrem nos requisitos pré-estabelecidos.

Para ter direito ao Abono Salarial você precisa:

  • Ter tirado a carteira de trabalho há pelo menos cinco anos;
  • Seu salário não pode ter sido superior a dois mínimos;
  • Ter trabalhado por, pelo menos, 30 dias (seguidos ou não) no ano-base considerado para apuração;
  • Ter os dados corretos na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS).

A partir do dia 24 deste mês, você poderá consultar se tem o direito ao benefício e qual o valor. A consulta pode ser feita pela página www.caixa.gov.br/PIS, pelo telefone 0800-726-0207 ou pelo Aplicativo Caixa Trabalhador.

Como Saber se tenho cadastro no PIS/PASEP?

O cadastro no PIS/PASEP é feito automaticamente desde o primeiro emprego de um contribuinte. Se qual for o lugar onde você se empregou, em local público ou privado, o cadastro é feito no nome do cidadão.

Dessa maneira, todas as pessoas que possuem carteira de trabalho e que já tenham trabalhado formalmente, têm o PIS/PASEP. No entanto, os programas funcionam de forma independente. Assim sendo, enquanto o PIS – Programa de Integração Social – destina-se a funcionários do setor privado.

Já o PASEP é direcionado aos funcionários públicos. O PIS/PASEP funciona de forma a recolher contribuições do setor privado e público, respectivamente. Essas contribuições são feitas para devolver aos funcionários em forma de serviços e benefícios.

O dinheiro recolhido é alocado no Fundo de Amparo ao Trabalhador – FAT – e uma parte é recebida pelo Governo a fim de fornecer tais benefícios. A outra parte é destinada diretamente ao funcionário em forma de Abono Salarial.

Consulta do Abono Salarial

A forma mais rápida e fácil de consultar o abono salarial é, sem dúvida, pela internet. Para efetuar a consulta, basta seguir os passos abaixo:

  • Acesse o site oficial da Caixa/PIS;
  • Em seguida, clique em Consultar Pagamento;
  • Informe o seu CPF/NIS ou e-mail cadastrado e sua senha;
  • Caso você não seja cadastrado, poderá criar uma senha clicando no link Cadastrar/Esqueci Senha;
  • Ao fazer login no sistema, você poderá consultar o pagamento e, além disso, ter acesso ao calendário de pagamentos e saber quando poderá sacar o benefício.

No entanto, se você preferir, poderá também efetuar a consulta por telefone. Para isso, basta ligar no número 0800 726 0207. A ligação é gratuita de qualquer lugar do país. Durante o atendimento o requerente deverá informar seus dados cadastrais, tais como o NIS e o CPF.

Assim sendo, recomenda-se que você os tenha em mãos para agilizar o atendimento. Recentemente o Governo Federal apresentou a proposta da reforma previdenciária, aprovada no primeiro turno de votação e encaminhada ao Senado.

Na reforma proposta, o abono salarial sofrerá alterações, fazendo com que 54% dos atuais beneficiários deixem de receber o benefício. A nova medida apresentada prevê que o abono só será disponibilizado a quem receber até R$ 1.364,43.


Encontrou todas as informações que precisava? Esperamos que sim! Caso tenha ficado com alguma dúvida, deixe o seu comentário abaixo para que possamos te responder!